Transição energética: o caminho rumo a uma economia de energia sustentável

Escrito por:
Tupinambá

Tupinambá

Compartilhe:

foto de uma mesa com uma pessoa fazendo anotações

A transição energética é uma mudança que envolve a conscientização e transformação da geração de energia, além de seu consumo e reaproveitamento. 

Em meio a dados alarmantes sobre o futuro ambiental do planeta, a transição energética se torna um fator primordial para a preservação do meio ambiente por meio das fontes de energia sustentável.

Neste artigo, vamos falar sobre a importância da transição energética, assim como seus fatores motivadores, desafios, oportunidades e seu impacto positivo na sustentabilidade.

Além disso, iremos abordar os conceitos da mobilidade elétrica como solução sustentável e como a utilização de veículos elétricos contribui para a transição energética. Boa leitura!

Introdução à transição energética e sua importância

O conceito de transição energética envolve a migração das matrizes energéticas poluentes, como os combustíveis fósseis à base de petróleo ou carvão, para fontes de energia renováveis, como a energia solar, hidrelétrica, eólica e de biomassas, entre outras alternativas limpas e sustentáveis.

Além disso, a transição energética é um conceito aplicado em diversos aspectos ambientais, como gestão de resíduos, eficiência energética e outros meios que se tornam altamente necessários para alcançar o objetivo comum entre as nações: a redução das emissões dos gases de efeito estufa e suas consequências ambientais.

A chamada economia de baixo carbono, um dos princípios da transição energética, inclui um olhar mais amplo e sistêmico para a sustentabilidade ambiental por meio da utilização de fontes de energia limpas e renováveis.

Assim, podemos definir a transição energética como um processo vital para mitigar as mudanças climáticas, reduzir a dependência de recursos finitos e poluentes, além de promover maior segurança, eficiência e economia energética.

Discussão sobre os principais motivadores da transição energética

foto de uma mesa

Entre os principais fatores que motivam o mundo a implementar os processos e etapas da transição energética, está a queima de combustíveis fósseis, principal causa das emissões dos gases do efeito estufa.

Segundo dados divulgados pela Organização Mundial Meteorológica (OMM) em julho de 2023, há uma probabilidade de 66% de a média anual de aquecimento ultrapassar 1,5°C entre 2023 e 2027.

Esse, de acordo com os especialistas, é o limiar de aumento da taxa média de temperatura global estipulado até 2100, a fim de evitar as consequências drásticas causadas pelo impacto humano no planeta, como aumento do nível do mar e eventos climáticos extremos.

O recorde anual de temperatura global possui uma chance de 98% de ser quebrado até 2027, ainda segundo o relatório divulgado pela OMM. Ou seja: são perspectivas que trazem grande preocupação em relação ao futuro do planeta e da população.

Outro fator que motiva a transição energética é a criação de um sistema energético mais limpo e eficiente, impulsionando o desenvolvimento sustentável e também o crescimento econômico, por causa dos investimentos realizados em energias renováveis e em novas tecnologias limpas.

Dessa maneira, a transição energética implementa transformações não somente na geração e consumo de energia, mas também mudanças na estrutura social, econômica e política da comunidade, fazendo com que empresas e governos busquem soluções inovadoras e sustentáveis para contribuir com a redução dos poluentes.

Leia mais: Como ter uma estação de recarga para veículos elétricos em prédios e condomínios

A mobilidade elétrica como solução sustentável

Uma das soluções apontadas como mais eficientes para a implementação da transição energética é a mobilidade sustentável, que se baseia na utilização de veículos elétricos e híbridos para reduzir a emissão de gases poluentes, como os combustíveis fósseis (gasolina, diesel, etc.).

Ao utilizar energia limpa, a mobilidade elétrica promove uma redução drástica na emissão de gases, se tornando um fator vital para que o planeta consiga mitigar os efeitos da poluição atmosférica e impeça as consequências negativas que os gases do efeito estufa podem causar para o meio ambiente.

Não é à toa que, até 2040, o mercado de mobilidade elétrica deverá superar US$ 65 bilhões em todo o mundo, segundo levantamento realizado pela empresa de consultoria McKinsey & Company em 2023.

Já de acordo com projeções realizadas pela PwC Brasil, a frota nacional de veículos elétricos e híbridos devem alcançar  a marca de 35 milhões até o fim da década.

Considerando que 25% de todas as emissões de CO2 no mundo são provenientes de meios de transporte, a mobilidade elétrica emerge como uma necessidade real e de suma importância para garantir um futuro mais sustentável e ecologicamente viável para todo o mundo.

Exploração de tecnologias e fontes de energia sustentável

Como citado anteriormente, a emissão de gases poluentes e os impactos negativos das fontes de energia convencionais como o petróleo, carvão e gás natural trazem perspectivas graves para o futuro ambiental. 

Assim, buscar novas soluções de energia sustentável se tornou uma prioridade para a maioria dos governos e empresas de todo o mundo.

As tecnologias ligadas à energia sustentável incluem diversas abordagens, como a energia solar, eólica, hidrelétrica, biomassa e geotérmica, fontes consideradas virtualmente inesgotáveis e que produzem emissões baixas ou nulas de gases do efeito estufa, contribuindo diretamente para a redução do aquecimento global.

Investimentos públicos e privados ligados à implementação, exploração e desenvolvimento tecnológico de novas soluções ligadas a fontes de energia sustentável se tornam cada vez mais necessários, buscando contribuir para a transição energética e, consequentemente, com a sustentabilidade ambiental.

Leia mais: Preço do carro elétrico: entenda o que influencia no valor do veículo

Desafios e oportunidades para a transição energética

Entre os principais desafios relacionados à transição energética, podemos citar a dependência de combustíveis fósseis como um dos principais fatores que dificultam a implementação de soluções voltadas para as energias limpas e renováveis.

Afinal, a infraestrutura e economia global ainda estão profundamente ligadas aos combustíveis fósseis, o que torna o processo de transição energética mais dificultoso e árduo.

Além disso, existem políticas e regulamentações desatualizadas que criam barreiras para a transição energética, exigindo um esforço contínuo para estabelecer novos direcionamentos para a utilização de fontes de energia limpa.

Por outro lado, a transição energética também reserva oportunidades voltadas para a economia, desenvolvimento tecnológico, inovação e condição socioeconômica da população em geral.

Com a implementação de políticas e soluções voltadas para o consumo de energia sustentável, surge espaço para a criação de novas empresas e soluções inovadoras, contribuindo para a criação de novos empregos para a produção, instalação e manutenção das tecnologias ligadas às fontes energéticas sustentáveis.

Com isso, ocorre um estímulo significativo para o desenvolvimento de tecnologias e soluções inovadoras ligadas à transição energética, oferecendo novas perspectivas e recursos para combater os efeitos do aquecimento global e das mudanças climáticas, causados pela emissão de poluentes.

Exemplos de países que lideram a transição energética

Levantamento realizado pelo Fórum Econômico Mundial e divulgado em 2023 mostra o desempenho de 120 países na transição energética, levando em consideração aspectos como acessibilidade, sustentabilidade e confiabilidade na utilização das energias limpas e renováveis.

O ranking é liderado por quatro países nórdicos, reconhecidos por suas soluções eficientes e inovadoras na transição energética: Suécia, Dinamarca, Noruega e Finlândia. 

As onze primeiras posições do ranking também são ocupadas por países europeus, enquanto o Brasil, mais bem colocado entre as nações da América Latina e Caribe, ocupa a 14ª colocação.

Entre as medidas voltadas para a transição energética, a mobilidade elétrica ocupa um lugar de destaque, já que a utilização de veículos movidos à combustão segue caminhando para o fim.

Muitos países da União Europeia, por sinal, já anunciaram o fim dos carros a combustão. Um exemplo, é o Reino Unido, que pretende banir as vendas de carros movidos a gasolina e diesel em 2040, enquanto a Alemanha promete cumprir a mesma meta já em 2030.

Diversas montadoras em todo o mundo seguem implementando a transformação completa de sua produção, buscando se alinhar com as metas globais relacionadas à transição energética. 

Por isso, a maioria dos novos modelos automotivos lançados no mercado utilizam a eletricidade para se locomoverem, uma tendência que irá se ampliar ainda mais nos próximos anos.

Leia mais: Estação de carregamento para ambientes comerciais e corporativos

Conclusão

A transição energética é um processo que, a cada dia, se torna mais importante para o planeta e os seres humanos. 

Reduzir o consumo de combustíveis fósseis e diminuir a emissão de gases poluentes na atmosfera é apontada como uma prioridade máxima para governos e empresas de todo o mundo, buscando frear o impacto ambiental causado por esses fatores.

Neste contexto, a mobilidade elétrica segue desempenhando um papel crucial para a transição energética, eliminando a necessidade da utilização de recursos finitos e poluentes por meio de veículos movidos à eletricidade.

Para quem já entrou no mundo da mobilidade elétrica e sustentável, existem soluções tecnológicas e inovadoras que podem tornar a utilização dos veículos elétricos ainda mais eficiente, econômica e prática.

A Tupinambá, empresa que oferece soluções inteligentes de carregamento para veículos elétricos, possui diversas ferramentas para melhorar a experiência de quem utiliza um carro elétrico ou possui uma estação de recarga.

Fale com um especialista hoje mesmo e descubra mais sobre o app Tupinambá, o software de gestão de eletropostos e outras soluções que unem tecnologia, eficiência e praticidade.

Compartilhe

Newsletter

Receba conteúdos especiais antes de todo mundo.

Deixe seu email ao lado e inscreva-se!